SIMULAÇÃO DE CRASH

Acidentes graves envolvendo caminhões em atividades na indústria são comuns e podem causar ferimentos e até a morte dos operadores

De forma a minimizar a ocorrência de acidentes e suas consequências a KOT realiza estudos detalhados da cabine de caminhões, escavadeiras, entre outros equipamentos para verificar a adequação da mesma para resistir a uma eventual situação de capotamento, minimizando os riscos ao motorista.

 Comparação entre estrutura original e estrutura reforçada sugerida pela KOT

Comparação entre estrutura original e estrutura reforçada sugerida pela KOT

Além disso, com os resultados obtidos, são elaborados os projetos de estrutura ROPS (Roll Over Protective Structure) e FOPS(Falling Objects Protective Structure) conforme determinações por normas ,visando aumentar a resistência da estrutura e aumentar a segurança dos operadores para uma eventual situação de capotamento do veículo ou quedas de objetos, troncos e pedras.


CASES

Análise não Linear de Crash

 Modelo em elementos finitos da cabine do caminhão LS-DYNA

Modelo em elementos finitos da cabine do caminhão LS-DYNA

A realização de um estudo verificando o nível de segurança da cabine de um modelo de caminhão requereu a modelagem da estrutura dessa cabine e a aplicação de cargas de impacto, conforme norma. Para a realização das análises foram utilizados os softwares FEMAP e LS-DYNA.

 Norma sueca VVFS 2003:29

Norma sueca VVFS 2003:29

O objetivo do estudo era aumentar o nível de segurança da cabine do caminhão, oferecendo maior proteção ao operador. O modelo em 3D foi elaborado e simulações foram feitas de forma a reproduzir os testes de certificação da cabine executados pelo fabricante (crash tests).

A modelagem realizada com o auxílio do software LS-DYNA está apresentada ao lado:

Os carregamentos, determinados conforme norma sueca VVFS 2003:29, foram aplicados utilizando-se do mesmo software.

 Comparação entre o teste real do impacto do pêndulo frontal com a cabine do caminhão e o teste realizado no software LS-DYNA.

Comparação entre o teste real do impacto do pêndulo frontal com a cabine do caminhão e o teste realizado no software LS-DYNA.

 Deformação plástica ocorrida na longarina inferior e fundo da cabine, após o choque do pêndulo traseiro com a cabine

Deformação plástica ocorrida na longarina inferior e fundo da cabine, após o choque do pêndulo traseiro com a cabine

 Estrutura conceitual ROPS

Estrutura conceitual ROPS

De forma a maximizar a segurança do operador, foi desenvolvida uma estrutura ROPS (Roll Over Protective Structure). Buscou-se desenvolver uma estrutura tubular que possuísse um número reduzido de componentes para que a mesma pudesse ser leve, de fabricação simplificada e de fácil montagem na cabine existente.


QUAL SUA NECESSIDADE EM SIMULAÇÃO DE CRASH? PODEMOS AJUDAR.

Nome *
Nome