MÁQUINAS DE PÁTIO

A KOT Engenharia possui grande experiência em cálculo de equipamentos de manuseio de materiais, como empilhadeiras e recuperadoras.

Apenas nos últimos 5 anos de empresa, foram calculadas:

  • 376 Equipamentos de manuseio;

  • 185 Máquinas;

  • 340 Transportadores de correia;

  • 176 Prédios.

O cálculo destes equipamentos é feito seguindo as especificações da norma ISO-5049, utilizando o software PROCAL3D (in-house). As análises elaboradas englobam todos os sistemas do equipamento incluindo:

  • Verificações do sistema de acionamento de translação;

  • Acionamento do giro;

  • Verificação de rolamento e truques de giro;

  • Balanceamento do equipamento;

  • Cálculo do transportador da lança;

  • Cálculo das pressões no cilindro de elevação;

  • Cálculo de choque contra a pilha e;

  • Cálculo de corte da pilha (máquinas com rodas de caçamba).

A KOT também atua em modificações visando aumento de capacidade produtiva e análises de possíveis falhas destes equipamentos.

Máquinas de pátio possuem o sistema de giro de rolamento ou de truques, apoiados sobre o carro inferior ou "Gantry". A determinação das cargas no sistema de giro é essencial para a verificação do dimensionamento do rolamento, principalmente com relação a sua durabilidade. Em sistemas de giro apoiados por truques, frequentemente ocorre laminação dos trilhos, o que reduz a durabilidade da máquina e acarreta sérios problemas de manutenção.


TRANSPORTADORES DE CORREIA

A KOT Engenharia possui grande experiência em cálculo de equipamentos de manuseio de granéis, como transportadores de correia. Foram calculadas mais de 340 correias transportadoras nos últimos 5 anos da empresa.

O cálculo deste tipo de equipamento envolve diversos aspectos, tanto relativos à parte estrutural quanto à parte mecânica.

Tranportadores_Correia_2.gif

As cargas provenientes do sistema de acionamento são calculadas utilizando o Software Australiano HELIX, que utiliza as normas ISO-5048 e CEMA. Este software permite a obtenção dos Time Histories para diversas condições de partida e parada do transportador, permitindo a verificação do sistema mecânico de acionamento incluindo: motores, redutores, acoplamentos, tambores, roletes e eixos.

Tranportadores_Correia_1.gif

A sincronização de equipamentos em sistemas envolvendo diversos transportadores pode ser feita de forma precisa com o HELIX Delta T. O cálculo estrutural de transportadores é feito com o Software PROCAL3D (in-house), de acordo com a norma AISC.


EMPURRADORES E VIRADORES DE VAGÕES

A KOT Engenharia possui vasta experiência no repotenciamento e análise de empurradores de vagões.

Empurrador_2.jpg

Esses equipamentos normalmente são acionados por pinhões e cremalheira ou por cabos de aço acionados por um guincho. Logo, as cargas dinâmicas são significativas para o correto dimensionamento do empurrador.

Com o objetivo de facilitar a determinação destas cargas, bem como analisar de forma eficiente o equipamento, a KOT desenvolveu um software específico para simulação dinâmica de empurradores de vagões. Este software considera as folgas dos engates, amortecedores dos engates, rigidez do vagão, resultando em uma boa correlação do modelo com os resultados experimentais.

Empurrador_1.png
Empurrador_3.jpg

Viradores de vagões são equipamentos responsáveis pelo descarregamento do material a granel transportado em composições ferroviárias. Através do movimento rotativo do virador, o material é descarregado em tremonhas e posteriormente enviado a pátios de estocagem. A análise destes equipamentos é realizada conforme os critérios das normas ISO 5049-1 e FEM Section II, sendo avaliados aspectos relacionados tanto à estrutura do equipamento quanto à potência necessária para o movimento de rolagem do virador de vagões.

 

virador.png

SILOS

Silos são estruturas destinadas ao armazenamento de material a granel. São normalmente revestidos internamente com chapas de desgaste para proteção do costado. As verificações realizadas se baseiam nos critérios de normas internacionais, tais como BS EN 1991-4/2006 e AS-3774/1996. A instabilidade global da estrutura também deve ser verificada, principalmente sob atuação de cargas de vento e quando há a possibilidade de ocorrência de vácuo ou
pressões negativas no interior do silo.

flambagem.png
SI-2111-01.png

CASES

Projeto de Empurrador de Vagões

 Amostra de Casos 97: Exemplo de um empurrador de vagões desenvolvido pela KOT Engenharia.

Amostra de Casos 97: Exemplo de um empurrador de vagões desenvolvido pela KOT Engenharia.

De modo a demonstrar o know-how que a KOT Engenharia possui no cálculo e projeto de Posicionadores de Vagões, na Figura Amostra de Casos 97 é apresentado um equipamento inteiramente reprojetado pela KOT Engenharia.

Este empurrador apresentava quebras prematuras no cabo de aço do guincho de acionamento, e após o cálculo das cargas e reprojeto, foi possível aumentar a vida do cabo em 5 vezes.

O cálculo das cargas dinâmicas que ocorrem no processo de posicionamento dos vagões foi fundamental para redimensionamento do cabo e do sistema de acionamento.


QUAL SUA NECESSIDADE EM MANUSEIO DE GRANÉIS?PODEMOS AJUDAR.

Nome *
Nome